Prodente - Clínica odontológica - Bahia

Agende sua Consulta
Santo Estevão
(75) 3245-1295 / 9191-9830

Notícias

Publicada em 20 de Fevereiro de 2014 ás 10:25:14
Share

'Primeiros dentes do bebê costumam aparecer aos 6 meses', diz dentista

 Os dentes de leite começam a ser formados quando o bebê ainda está na barriga da mãe, mas só costumam aparecer quando ele completa 6 meses de vida.

 
No entanto, segundo a dentista Ana Paula Uzun, existem casos em que esses primeiros dentes aparecem quando a criança faz um ano ou até mais - porém, se passar de 1 ano e 2 meses e nada acontecer, é importante que a mãe procure um dentista para avaliar se há algo impedindo a saída do dente.
 
A dentista dá a dica para mães preocupadas com o surgimento dos primeiros dentes dos filhos - descascar uma laranja em gomos, colocar na geladeira e, quando estiver bem gelada, oferecer para o bebê morder. De acordo com a especialista, o frio deixa a gengiva menos sensível, o que faz o bebê morder com mais força, ajudando na erupção do dente. Confira abaixo outras dicas e dúvidas que a dentista tirou dos internautas:
"Meu filho tem um ano e ainda não nasceu nenhum dente. É normal? Ele saliva muito desde os 4 meses" - Elizabeth Andrade
É comum uma variação de 1 ano para a erupção dos dentes. Espere, pelo menos, mais 2 meses e se nada acontecer, procure um dentista para ver se há algo impedindo a saída do dente. A dica da laranja pode funcionar também. Muita saúde para vocês!
"Meu filho tem 4 anos e já caiu seu primeiro dente. É normal?" - Cilene Maciel
Parece um pouco cedo para iniciar a troca dos dentes de leite pelos permanentes, mas levando em conta que os processos de erupção dentária podem variar em até um ano, pode ser normal. Traumas, como bater a boca, podem ser uma causa da troca precoce dos dentes de leite. Procure um odontopediatra e faça uma radiografia para verificar se está tudo bem.
 
"Sempre nascem três bolhas com secreção na boca da minha filha. Ela diz que dói muito. Pode ser grave?" - Ana Paula
Essas bolhas podem ser muitas coisas. Você precisa procurar um dentista o mais rápido possível para verificar de onde elas vêm. Mesmo se for algo simples, pode complicar e, por isso, não adie. Crianças são nossos anjos e merecem todo o cuidado. Boa sorte!
"Tenho 20 anos e tenho perda óssea. Uso aparelho há 2 anos: pode ser uma das causas da perda? Ainda sou nova e só apareceu depois que coloquei o aparelho" - Magda Jesus
Quando se faz um tratamento ortodôntico, é muito comum que ocorram várias mudanças. O que você está percebendo pode ser uma perda óssea verdadeira ou não. Converse com seu dentista o quanto antes para que ele avalie o problema. Uma possibilidade é avaliar as suas radiografias iniciais e também as atuais e, a partir daí, definir como será a consequência do tratamento. Faça também uma avaliação com uma fonoaudióloga. E não se esqueça que, mesmo de aparelho, você precisa passar o fio dental nos dentes. Boa sorte!
 
"Passar toalha nos dentes logo após escová-los pode prejudicá-los?" - Danilo Macedo
Pelo jeito, você gosta de cuidar dos seus dentes! Mas não há necessidade de fazer isso. Usar o fio dental, escovar os dentes e passar um limpador de língua é mais do que suficiente para ter uma higiene adequada. Se você precisar de algum cuidado específico, um profissional poderá te orientar. Saúde para você!
"Queria saber sobre a cirurgia ortognática e a classe 3. Quais as causas, tratamentos e riscos de não cuidar? Agradeço!" - Kelvin Gilbert
A classe 3 geralmente é genética, mas em alguns casos, pode ser agravada por problemas de postura durante o crescimento. O tratamento geralmente é ortodôntico-cirúrgico. Hoje, as cirurgias ortognáticas são bem menos traumáticas, mas você precisa procurar um cirurgião bucomaxilofacial, especialista nesse tipo de cirurgia. Os riscos de se tratar ou não precisam ser avaliados e explicados para que você possa decidir se vale a pena fazer o tratamento. Uma equipe com um ortodontista e um cirurgião bucomaxilofacial poderá fazer o diagnóstico e te ajudar nessa decisão. Boa sorte!
"O que pode causar um tumor dentro do osso do maxilar?" - Edcléia Anjos
São muitas as causas. Genética, traumas, hábitos, dentes inclusos, por exemplo, podem ser algumas delas. Se você quiser saber mais sobre isso ou estiver precisando de ajuda, procure um cirurgião bucomaxilofacial, que poderá te ajudar. Saúde para você!


Suporte Clinica Prodent

 

Leia Também

 
Prodent Clínica Odontológica - Todos os direitos reservados